INFLUÊNCIA DO SOMBREAMENTO NA QUALIDADE DE MUDAS FLORESTAIS COM POTENCIAL USO EM PRÁTICAS AGROECOLÓGICAS

Márcia Aparecida Novaes Gomes, Marcelo Aparecido de Arruda

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o crescimento das mudas de jatobá (Hymenaea stigonocarpa) e pitangueira (Eugenia uniflora) sob diferentes condições de exposição ao sol durante a rustificação. Os tratamentos estabelecidos foram: rustificação em sombrite 50%, em pleno sol e sob sombreamento no período do dia de maior intensidade luminosa, e em pleno sol todo o período. O delineamento foi o inteiramente casualizado, com duas repetições de quinze mudas por repetição. Os parâmetros sobrevivência, altura das plantas, diâmetro do colo, razão altura/diâmetro do colo (H/DC) e número de folhas foram analisados aos 30 e 60 dias. Tanto para o jatobá como para a pitangueira, o tratamento com sombreamento no período do dia de alta intensidade luminosa resultou em mudas com maior qualidade para o plantio com 60 dias de rustificação. Para o jatobá, pode ser considerada também a rustificação a pleno sol, sem a necessidade do sombreamento. 


Texto completo:

PDF


Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia