EFEITO DO ESTRESSE SALINO SOBRE A ATIVIDADE DE H - PIROFOSFATASE DE VIGNA UNGUICULATA

Maria Clara Guimarães, Carlos Eduardo de Souza Teodoro

Resumo


O efeito do estresse salino sobre a atividade de H+-PPase de membranas de diferentes organelas da via secretória de Vigna unguiculata foi avaliado, isolando-se vesículas de membranas de hipocótilos de plantas tratadas com NaCl durante 48 horas. A exposição das plântulas a NaCl 200mM estimulou a atividade de transporte de H+ por H+-PPase em membranas totais de V. unguiculata. Quando analisada a atividade hidrolítica da enzima presente em diferentes organelas da via secretória, observamos que a exposição ao estresse salino reduziu a atividade da enzima localizada no tonoplasto e estimulou a atividade das enzimas presentes no Golgi, Retículo endoplasmático + membrana plasmática e envelope nuclear. O maior estímulo da atividade de hidrólise de PPi por H+-PPase foi observado nas membranas do Golgi. Estes resultados indicam que estas organelas podem estar equipadas com diferentes isoformas da enzimas, que respondem de maneira diferente ao estresse salino.


Texto completo:

PDF


Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia