Quantificação do potencial teórico de aproveitamento energético do biogás no aterro sanitário de Sabará/MG

Alefe Marques dos Reis, Alessandra Alves da Cruz, Júlia Machado Botelho

Resumo


Os aterros sanitários contêm grande parcela de matéria orgânica devido à deposição de resíduos em suas células. A decomposição dessa matéria gera gases, como o metano, que é produzido em grande quantidade e que é o principal responsável pelo potencial energético do biogás. Diante da necessidade de diversificar a matriz energética do País para produção de eletricidade e de reduzir a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera, a utilização do biogás pode revelar-se vantajosa. O objetivo deste estudo foi quantificar o potencial teórico do aproveitamento energético do biogás no aterro sanitário de Sabará/MG. Para isso, foi quantificada a geração de gás metano durante a vida útil do aterro. A partir desse ponto, determinou-se a potência de geração de energia e a quantidade de famílias que poderiam ser atendidas com esse potencial energético. Os resultados encontrados indicam que o aterro poderá produzir teoricamente, em seu 13º ano, 510.316,52 m³ de metano, capaz de gerar uma potência máxima de 4.312,11 KW/ano, atendendo o equivalente a 19.674 famílias.


Palavras-chave


Resíduos Sólidos. Aterro Sanitário. Biogás. Energia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v18i2.12251

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia