Monitoramento das concentrações totais de cobre, ferro e manganês na digestão anaeróbia de melaço

Camila Marques dos Reis da Silva, Lauren Nozomi Marques Yabuki, Marcelo Loureiro Garcia

Resumo


Atualmente, onde o uso dos combustíveis fósseis e a emissão excessiva dos gases do efeito estufa impactam diretamente a qualidade do meio ambiente, a busca por fontes alternativas sustentáveis que supram o aumento da demanda energética mundial é imprescindível. Diante desse cenário, uma solução é o uso de águas residuárias para produção de bioenergia, através de biorrefinarias que, por meio de processos biológicos anaeróbios, digerem a matéria orgânica presente nas águas residuárias e geram o biogás. A produção de biogás ou a eficiência do processo pode ser influenciada pela quantidade de elementos-traço presente na água residuária. O objetivo deste trabalho foi monitorar as concentrações totais dos elementos-traços cobre, ferro e manganês na digestão anaeróbia do melaço para tentar estabelecer a influência dos metais sobre a produção de biogás a partir do tratamento do melaço, a fim de obter uma maximização da produção de energia na forma de biogás, sendo de grande importância e aplicabilidade para minimizar os impactos ambientais. Para o melaço, não foi verificada uma correlação de influência para as faixas de concentração analisadas do cobre (36,78 a 449,38 µg. L-1), ferro (154,61 a 2160,31 µg.L-1) e manganês (25,79 a 391,83 µg.L-1), pois essas faixas não afetaram o desempenho do biorreator.


Palavras-chave


Melaço; Biogás; Elementos-traço; Reatores anaeróbios

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v19i2.12332

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia