Análise da geodinâmica externa do rio atingido pelo rompimento da barragem fundão, Mariana - MG: trecho entre Bento Rodrigues e Barra Longa

Cristhian Filgueira Dias, Luisa Oliveira Duarte, Mayara Pereira Cabanhe, Eliane Maria Vieira

Resumo


O presente trabalho avalia a geodinâmica externa do Rio Gualaxo do Norte, trecho de Bento Rodrigues até Barra Longa, após o rompimento da barragem Fundão, em Mariana. A bacia hidrográfica do Rio Doce foi contaminada e consequentemente os parâmetros físico-químicos da bacia foram alterados, acarretando na mudança da cor, turbidez, entre outros, impactando negativamente diversos cursos d’águas. Devido ao mar de lama contendo os rejeitos da mineração, o curso natural do trecho do rio em estudo foi modificado, bem como a biota, incluindo a vegetação próxima aos rios, também conhecida como mata de galeria. Os prejuízos causados foram diversos, acarretando em mudanças na superfície do rio por onde a onda de rejeitos passou. Desta maneira, utilizando imagens multitemporais obtidas pelo Google Earth e o sistema de informação geográfica ArcGis, foi possível analisar e identificar as transformações ocorridas, através de mapas, que demonstram áreas onde foram nítidas as alterações no leito do rio em termos de deslocamento e dimensões, o que afeta diretamente todo o ecossistema local.


Palavras-chave


Geodinâmica externa. Rejeitos de mineração. ArcGIS. Curso d’água.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14295/holos.v19i3.12338

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia