Aplicação do índice de qualidade de aterros nos locais de disposição final dos resíduos sólidos urbanos na Bacia do Alto Taquari

Cleiton Oliveira dos Santos, Maeli Machado do Nascimento Carelli

Resumo


O gerenciamento adequado dos resíduos sólidos é uma preocupação crescente dos órgãos ambientais, pois o volume de resíduos produzidos pelas diferentes atividades antrópicas, sem destinação adequada, compromete a qualidade do meio ambiente. No Brasil, é recente a preocupação com o tratamento e a disposição final dos resíduos sólidos. Este trabalho aplicou o Índice de Qualidade de Aterros de Resíduos nos municípios da bacia do Alto Taquari no estado de Mato Grosso do Sul e a partir dos resultados, propor ações para melhoria das situações inadequadas. A aplicação do Índice de Qualidade de Aterro de Resíduos (IQR) desenvolvido pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) foi realizada por meio de visitas nos locais de disposição final e a partir da avaliação foi perceptível que a grande maioria dos municípios ainda utilizam lixões como local de disposição final, esse fato repercutiu no baixo índice em oito cidades e apenas um aterro apresentou índice alto.

Palavras-chave


Resíduos sólidos. Gestão integrada. Indicadores ambientais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/holos.v21i2.12415

Creative Commons License
HOLOS ENVIRONMENT, Rio Claro, SP, Brasil - - - eISSN (eletrônico): 1519-8634 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons

> > > > >
 




Filiado ao Portal de Periódicos CAPES



Filiada à Associação Brasileira de Editores Científicos a partir de 2010

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia